silo Algua #03

Aljustrel

silo Algua, algas+água

​​

Casa das Artes de Aljustrel

​​

Impressão fotográfica A2 420x594, sobre K-line

2018

As repentinas alterações climáticas, levaram à seca extrema e acabaram com a cultura de regadio. O Sobreiro e a Azinheira, são os únicos sobreviventes. Os porcos regalados, comem boa bolota. O Alqueva é novamente a miragem da aldeia da Luz. Na Albufeira do Roxo, do que sobrou, foi para a boca do gado. A transformação do Silo de Cereais em Silo de Algua (algas + água), foi a solução que trouxe trabalho e vontade de permanecer, para que esta alquimia tomasse forma.
Algas como tratamento das águas domésticas; Algas precisam do soalheiro Alentejo; Algas produzem Biogás; Algas concentradas, como fertilizante e húmus orgânico.

The sudden climatic changes, led to the extreme drought and ended with the irrigation culture. The cork tree and the holm oak are the only survivors.  Pigs eat good acorns. The Alqueva is once again the mirage of the village of Luz. In Albufeira do Roxo, what is left, went to the mouth of the cattle. The Cereals Silo transformation  into Algua Silo (algae + water) was the solution that brought work and the will to remain, for this alchemy to take shape.Algae as domestic water treatment; Algae need the sunny Alentejo; Algae produce Biogas; Concentrated algae as fertilizer and organic humus.

 ​